Quinta-feira, 26 de Março de 2009

Incapacitado

Tenho um aleijado cá em casa, incapacitado a 100% de trabalhar.

O marido queimou a mão na passada quinta-feira, caiu-lhe plástico derretido (aí a uns 200°, se não foi mais) em cima da mão direita, ficou sem pele num dedo e os outros dois são bolhas, deixaram de ter aspecto de dedo, têm mais aspecto de chouriça.

Tadinho, ainda bem que foi a ele e não a mim, mas eu também fui castigada com isto tudo  porque, além de pouco ajudar (ainda ajuda, atenção) ainda fica chato, como todos os homens, ficam aborrecidos de estarem fechados em casa sem puderem fazer nada. o S.Pedro ainda fez o favor de meter a colherada e manda nevar, chover, enfim, não dá nem para ir dar uma voltinha de chicco com a filha.

Uma semana já passou, ainda vai ficar mais uma e se o médico for porreiro, já que na seguinte é Páscoa, continuava de férias forçadas e sempre dava para irmos até Paris visitar a famelga. Era fixe!Ai era! Pode ser que sim.

 

Ah, comprei-lhe um puzzle de mil peças com uma foto da Torre Eiffel, para quando não está a falar com alguém no msn, ou a tratar da filha, ou a fazer a sesta com a filha.

 

E agora novidades da filha.

Tem comido mal, mas mesmo mal, o raio da miúda não deve gostar mesmo nada de comer.

Não sei se sabem ela quando chora não deita lágrimas, não deitava, porque um destes dias o pai ralhou com ela e fez uma cara mesmo de mau, porque lá está, ela não queria comer, beeemmm, fez cá uma birra, mas tão grande que finalmente lá se soltaram as lágrimas (que alivio), pelo menos agora sei que está tudo bem e não precisa de furar os sacos, tem apenas uma produção baixa.

Provou a comida da gata, ainda lhe consegui tirar a tempo, mas o pai diz que se ela gostar, sempre fica mais barato.

Agora consegue levantar-se sozinha e ficar de pé apoiada na mesa ou no sofá, não tarda começa a caminhar, só falta mesmo dizer mamã, porque até papá ela voltou a dizer (é mais papapapa, não conta como chamar o papá).

Ah e já consigo colocar travessões no cabelo da cachopa, fica tão giro, mas tão giro, ela é mesmo linda.

Não...não vou desatar a comprar travessões, as amigas já me fizeram um bom stock, deve dar para os primeiros 5 anos, se ela não os perder ou estragar.

 

E é tudo por hoje

 

publicado por chocolatsuisse às 18:19
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 23 de Março de 2009

Veredicto Final

Hoje é dia da verdade, ninguém acertou, mas as minhas amigas Twins, Sandra e a Jo andaram lá muito perto. E ainda bem que ninguém acertou, é quem mais quer prémio....maaauu!!

 

1- Rachei a testa duas vezes, a primeira não me lembro e a segunda não me doeu. Verdade verdadeira. A primeira era muito pequena, ia a correr e não me desviei de uma esquina, mandei em cheio com a testa e ainda hoje se nota a cicatriz no meio da testa. A segunda tinha 13 ou 14 anos, fiz um baloiço com uma tábua de madeira e cordas e pendurei num ramo de uma árvore, quando a minha irmã estava a baloiçar, não sei por alminha de quem me fui meter atrás (devia ser para dar mais balanço), e pimba levei com a esquina da tábua em cheio na testa, a meio outra vez, mas mais acima onde já tinha cabelo. Foi uma pancada tão forte que não senti dor só desatei a chorar quando meti a mão na testa e a vi cheia de sangue.

 

2- Quando eu nasci fizeram uma proposta de adopção aos meus pais. Verdade verdadeira. Um casal, tios do meu pai (casal mais bizarro), que não podiam ter filhos, propuseram aos meus pais adoptarem-me e darem-me a fortuna deles. Não aceitaram claro.

 

3- Sou uma gaja que adora dar beijos, desde pequenina que sou uma grande beijoqueira. Mentirooosaaa. Já fui, quando era pequenina, mas depois deixei-me dessas coisas, agora é só para a minha piolha, marido e outras crianças. 

 

4- Morei um ano na Venezuela com os meus pais, tinha 3 anos, e foi lá que aprendi a andar de patins. Verdade verdadeira, aprendi a andar em patins de 4 rodas.

 

5- Durante a adolescência fui voluntária no Lar das Irmãzinhas dos Pobres no Porto e estive quase para seguir o caminho de Deus. Mentiroooosaaa. Fui voluntária, passei semanas de férias a trabalhar neste lar de idosos, gostei imenso, aprendi muito, foi uma experiência enriquecedora, e apesar de ter de assistir à oração da manhã, rezar antes das refeições, missa, oração da noite, não, nunca me passou pela cabeça seguir por este caminho.

 

6- Nos States, eu com 16 anos e meu primo com 13, fomos a um parque de diversões onde o meu padrinho nos obrigou a andar num elevador de queda livre, na altura existiam apenas 10 em todo o mundo. Ele foi primeiro e nós fomos a seguir, cheios de medo e a tremer que nem varas verdes acabamos por fazer xixi perninha abaixo. Mentirooooosaaa. Pelo amor da santa, acham que eu ia fazer pela perninha abaixo, com 16 anos?Hellooo!!!! Chegámos a tempo à casinha, acreditem que foi a primeira coisa que perguntámos mal nos juntámos ao resto da famelga.

 

7- Em Madrid, no El corte inglês, confundi um rapaz com um boneco manequim (daqueles das montras), cheguei-me perto dele e fixei-o, quando ele piscou os olhos dei um salto e fugi. Verdade verdadeira. Passado um mês de ter vindo dos states, rumo a madrid, viagem oferecida pelas Irmãzinhas dos pobres, claro que fomos para um lar, mas foi de férias dessa vez, passámos uns dias com os velhinhos tugas que já lá estavam, tiveram mais sorte, as férias deles foram mais prolongadas que as nossas.

Enfim, ainda tivemos direito a um dia inteiro só entre jovens, e fomos ao shopping, vejo eu um boneco junto a uns cabides de roupa, e pergunto-me "mas que raio está um boneco a fazer no meio da roupa", o tipo estava completamente paralisado, além de ser branquinho, curiosa como sou aproximei-me demasiado e depois de uns segundos a fixá-lo ele pisca os olhos, dou um salto e piro-me para as cabines de prova onde estavam as minhas amigas, só voltei a sair quando não o vi por lá, tamanha era a minha vergonha.

 

8- No México tive um guia de origem Maia que durante o ano vivia 6 meses na selva e outros 6 na civilização, era poliglota e professor de história e media 1.80m. Verdade verdadeira, adorei o guia, a história dele, a maneira como explicava tudo ao pormenor, espectacular mesmo, ninguém queria que o dia terminasse.

 

9- Só soube o primeiro nome da minha filha quando ela nasceu, e na primeira consulta de pediatra enganei-me a dizer o nome dela. Verdade verdadeira, a pediatra chama-se Klea e a minha filha Chloé, mas como para mim é Leonor, só no dia que nasceu é que o pai decidiu que seria Chloé Leonor, é normal que eu me tenha baralhado. É normal não é?

 

E pronto, ninguém ganhou, mas como não havia prémio, também não perderam nada.

publicado por chocolatsuisse às 21:18
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 17 de Março de 2009

Duas gatas cá por casa

Pois é, a minha garota já gatinha deste os 7 meses e meio, com rapidez e precisão!

É muito gira esta nova etapa, mas agora é que começam os problemas, além das quedas, quer roubar a comida à gata, desvira tudo, e tem uma predilecção por telemóveis, comando e papel.

 

Mas aquilo que ela mais gosta, são os momentos em que a gata brinca com ela. Tenho uma gata especial e doida.

Fartamo-nos de rir com as peripécias destas duas gatas, a gata desafia a pequena e a pequena gatinha atrás da gata, agarra-lhe o rabo, a gata por sua vez abana o rabo em frente ao nariz da garota, que se desmancha a rir, deixa que lhe puxe o pelo ou que lhe tente agarrar os bigodes para lhe dar uma patadazita ou uma mordidela meiga, mais uma vez a miúda só se ri.

 

Também brincam às escondidas, a gata passa de rompante perto da garota, lá está ela a desafia-la, e vai-se esconder debaixo de uma mesa ou na beira de uma porta em posição de ataque, e fica à espera que a garota se aproxime para voltar a dar uma corrida.

É muito engraçado, mas temos de estar sempre atentos não se vão elas magoar uma à outra!

 

Por incrível que pareça, pelo menos a mim parece-me incrível, e se me contassem eu não acreditava, tanto uma como a outra sabem bem o que significa NÃO.

A pequena é muito obediente, se está a fazer asneiras e dizemos NÃO ela pára logo, claro que volta a atacar mais tarde. Se esta a gatinhar para onde não deve, dizemos NÃO, Leonor anda para aqui, e ela vem.

 

Talvez seja coincidência, mas espero que continue assim, a ser uma menina obediente.

Está cada vez mais refilona, dá gritos cada vez mais estridentes e acho que a primeira palavra que vai dizer é NÃO, lol, bem insistimos com o mamã e papá, ela acha piada, ri-se e não repete.

 

Uma novidade boa, é que talvez seja desta que mudamos de apartamento, já ando em pulgas para fazer a decoração do quartinho dela.

 

Agora vou aproveitar o solinho e dar uma volta com a minha miúda, apanhar ar e aquecer e ganhar uma cor, a mãe, porque a filha tem boa cor, já a mãe... nunca estive tão branquela na minha vida, mas já lá vão 3 anos sem praia, é triste!!!!

 

Fui

 

publicado por chocolatsuisse às 12:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 16 de Março de 2009

Verdade ou Mentira

É a minha vez de responder ao desafio.

Preparem-se malta, vou escrever 6 verdades e 3 mentiras, compete-vos descobrirem as mentiras.

 

1- Rachei a testa duas vezes, a primeira não me lembro e a segunda não me doeu.

 

2- Quando eu nasci fizeram uma proposta de adopção aos meus pais.

 

3- Sou uma gaja que adora dar beijos, desde pequenina que sou uma grande beijoqueira.

 

4- Morei um ano na Venezuela com os meus pais, tinha 3 anos, e foi lá que aprendi a andar de patins.

 

5- Durante a adolescência fui voluntária no Lar das Irmãzinhas dos Pobres no Porto e estive quase para seguir o caminho de Deus.

 

6- Nos States, eu com 16 anos e meu primo com 13, fomos a um parque de diversões onde o meu padrinho nos obrigou a andar num elevador de queda livre, na altura existiam apenas 10 em todo o mundo. Ele foi primeiro e nós fomos a seguir, cheios de medo e a tremer que nem varas verdes acabamos por fazer xixi perninha abaixo.

 

7- Em Madrid, no El corte inglês, confundi um rapaz com um boneco manequim (daqueles das montras), cheguei-me perto dele e fixei-o, quando ele piscou os olhos dei um salto e fugi.

 

8- No México tive um guia de origem Maia que durante o ano vivia 6 meses na selva e outros 6 na civilização, era poliglota e professor de história e media 1.80m.

 

9- Só soube o primeiro nome da minha filha quando ela nasceu, e na primeira consulta de pediatra enganei-me a dizer o nome dela.

 

E prontes, agora digam lá quais são as mentiras, apenas as mentiras!

 

Passo o desafio a estas gentes: Raquel , Milka  , Nuno e aos que ainda não foram desafiados.

 

Volto com as respostas daqui por uns dias.

 

publicado por chocolatsuisse às 09:27
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Segunda-feira, 9 de Março de 2009

Volta sapito

Aquela Barbie na tua página fica mesmo, mesmo, muito mal.

 

Ficava mais giro meteres a tua cara laroca com uns belos cabelos loiros compridos, a mensagem tinha passado na mesma.

 

Tira lá o raio da boneca, faxavor!

publicado por chocolatsuisse às 13:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Já foram

E prontes, a moça e o moço já se foram, aqui a je foi levá-los de retorno, muito cedo, muito cedo mesmo, e ao vir embora lembrei-me de não dar ouvidos à senhora do GPS, isto porque ela se tinha enganado um cadito ao chegar ao aeroporto, e é claro que a je estava enganada, o que resultou numa volta extra e mais 10min acumulados à estimativa de tempo.

Tens a mania!!!

A partir de agora, a senhora do GPS tem sempre razão, sempre...ou, quase sempre!

publicado por chocolatsuisse às 09:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 7 de Março de 2009

Chegou

Ainda teve direito a hotel de 5 estrelas e o carago devido ao cancelamento do voo, até nem correu mal, ainda se divertiu.

Já foram duas de Mateus rose e as letras estão a modos que desfocadas.

 

publicado por chocolatsuisse às 21:57
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

OOOOHHHHHHH

É preciso ter azar!

Voo cancelado devido ao mau tempo, afinal era por causa do mau tempo que se faz sentir no Porto.

 

Não é bem azar que devia dizer, mas não me ocorre outra palavra. Antes seguros em terra do que em perigo no ar, ou a tentar!

 

Paciência, agora só amanhã se ainda valer a pena, ou num outro fim de semana.

publicado por chocolatsuisse às 20:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Baptismo de voo

Hoje a minha irmã vai andar de avião pela primeira vez na vida dela e...está borrada de medo!!!

 

E para melhorar a coisa, o avião não conseguiu aterrar no Porto (muito tráfego talvez) e foi para Santiago de compostela.

"Começa bem" diz ela na mensagem que me enviou.

E nós cá estamos à espera que ela avise que já estão para levantar voo, grande seca ter de ficar à espera, principalmente numa sexta-feira à noite, quando a noite anterior foi curtíssima...

publicado por chocolatsuisse às 20:11
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Março de 2009

É preciso ser cão

...para um português ir morar na casa branca.

 

 

publicado por chocolatsuisse às 09:07
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Clube Mammy


Custom T-Shirt Generator

últimos posts

O estado das coisas por e...

Dragão

5 de Outubro

Setembro, mês de todas as...

Meteo de hoje

AS férias em imagens 1

Voltei

Humor de cão e coisas bre...

Foi hoje

Consulta dos 2 anos

arquivo mensal

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

tags

todas as tags

hiperligações

subscrever feeds