Quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

Teorias da noite

Ainda não me habituei á mudança de horário, e confirmei a dificuldade em dormirmos durante o dia. Agora que moramos num prédio de cinco andares, a coisa complicou-se, é o bater das portas, é a canalha aos berros, o arrastar de móveis, ah e o sino da igreja aqui ao lado....ou seja, uma verdadeira música de embalar não?!!

Tenho a cabeça feita em sei lá o quê!!!!!!!

 

Outro pormenor, a alimentação, chegamos a casa depois das 6:30, pequeno almoço, banho, naninha. Por volta das 10:30, 11h acordo cheia de fome, um iogurte liquido, qualquer coisa rápida que quero é dormir. Entre o meio dia e as duas acordo outra vez e claro que não vou comer o almoço, estão malucos!? acabei de acordar, quem é que consegue comer carne ou peixe? Segundo pequeno almoço, claro!

Antes de ir trabalhar, jantamos, e a meio da noite lanchamos.

Uma alimentação equilibradíssima... estas trocas descontrolam tudo,lol.

 

Bem mas eu vim cá falar de outra coisa, é que quando trabalho de noite, tenho imenso tempo para pensar sem ser interrompida, e assim por vezes surgem algumas teorias sobre a vida.

Pensava no meu primo que faleceu á pouco tempo, e quando estas coisas acontecem toda a gente nos diz  que "temos que aproveitar cada dia como se fosse o último".

Não concordo, e porquê? Aqui vai a teoria...

 

Então e se eu soubesse que ia morrer amanhã, esse dia ia ser um  dia bem passado? Lógico que não, como é que eu o ia passar? Provávelmente a chorar de pânico, da mesma maneira que chorei quando era pequenita e me disseram pela primeira vez que todos nós morremos um dia, bem o que eu chorei...

Portanto, talvez morresse antes desse mesmo dia acabar com um ataque cardiaco devido á tristeza e ao pânico...não que agora tenha medo de morrer (que dizer até tenho, mas é medo da forma como posso morrer), mas pelo facto de deixar para sempre os entes queridos.

 

E tem mais, digam lá que coisas é que são boas quando acabam? Só me lembro de duas, o último dia de aulas ou o último dia de trabalho, isso sim é caso para alegria.

Já o último dia de férias é passado num misto de tentar aproveitar os ultimos momentos de descanso e estar sempre a queixar-se e a suspirar "ai amanhã já é dia de trabalho".

 

Tenho razão, não tenho!!?

 

Cheguei então á conclusão que as melhores coisas são as primeiras, ora pensem lá, o primeiro beijo, o inicio de uma relação, o pimeiro dia de férias, a primeira casa, o primeiro filho, os primeiros passos, as primeiras palavras, etc etc etc

Então não é bem melhor que o último??? Digam lá se todas estas coisas não nos dão uma alegria imensa e nos deixam num estado de felicidade autêntica!!!

 

Por isso digo, apriveitem cada dia como se fosse o primeiro!

 

sinto-me:
publicado por chocolatsuisse às 17:41
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Clube Mammy


Custom T-Shirt Generator

últimos posts

O estado das coisas por e...

Dragão

5 de Outubro

Setembro, mês de todas as...

Meteo de hoje

AS férias em imagens 1

Voltei

Humor de cão e coisas bre...

Foi hoje

Consulta dos 2 anos

arquivo mensal

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

tags

todas as tags

hiperligações

subscrever feeds