Terça-feira, 9 de Junho de 2009

Tem dias...

...em que fico a pensar, e a pensar, e a cismar!!!

E chego à conclusão que não devo ser boa pessoa, talvez não seja bem esse o termo, talvez eu seja uma pessoa pouco interessante, ou muito diferente, ou demasiado normal, sem picante, sei lá!

 

E isto porquê?

Quando olho o meu passado, vejo apenas uma única e grande amiga, daquelas em que quase todos os fins de semana dormíamos ora em casa de uma ora em casa da outra, essa foi e é a verdadeira amiga de infância, depois o tempo encarregou-se de nos afastar, mas continuamos a ter contacto.

De resto vejo muitas pessoas que passaram, mas nunca mais encontrei aquela amizade, tentei mas não resultou e acabei por não procurar mais.

 

Quanto à família, amizades demasiado diferentes, apesar de eu tentar manter algum tipo de convívio, muitas vezes forçado. Mas tenho aquela noção de ser uma pessoa facilmente esquecida.

Ainda assim, tenho com a prima mais velha muitas mais recordações, muito mais contacto. Aquela que se lembrava e lembra, não por não ter mais ninguém , mas apenas porque sim, sem ser forçado.

Com a minha irmã, bem, idades diferentes, feitios diferentes. Não frequentamos os mesmos sítios, nem as mesmas amizades, ela é geração rebelde e eu não, lol. Ela cresceu com as amizades de infância e eu nunca aceitei muito bem as pessoas lá da terrinha para onde me mudei, nenhum adolescente gosta de mudar de vila, de escola, de turma, tudo muda!

 

Nos tempos de universidade, aí sim, saí do casulo em que me fechei, encontrei grandes amizades, reencontrei velhas amizades, que continuam até hoje, mesmo estando longe, quando chego a Portugal sei onde e quando as posso encontrar, sem ser preciso convite, sem se preciso combinar dia nem hora. É disto que eu gosto! Sabem que vou chegar e eu sei que estão à minha espera!

Encontrei o meu melhor amigo, que é o meu marido, apesar do dissabor de termos família cruzada! Talvez o meu maior problema actual, e o que me fez pensar e cismar.

Porque sinto que essas pessoas não têm grande respeito por mim, não se privam de usar e abusar do meu nome, de me quererem meter contra uns e outros, quando nem sequer me vêm como uma amiga!

 

Mas o pior! É que não estou nem aí, porque não lhes devo nada, nem sequer o valor da amizade, não tenho nada a retribuir. Acabaram-se os ouvidos e os conselhos imparciais.

 

Portanto, to bad, não, não temos pena, se ouvirem aquilo que não querem, se for seca e amarga quando merecerem.

 

 

 

sinto-me:
publicado por chocolatsuisse às 12:44
link | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim

pesquisar

 

últimos posts

O estado das coisas por e...

Dragão

5 de Outubro

Setembro, mês de todas as...

Meteo de hoje

AS férias em imagens 1

Voltei

Humor de cão e coisas bre...

Foi hoje

Consulta dos 2 anos

arquivo mensal

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

tags

todas as tags

hiperligações

subscrever feeds